PINTURA INDUSTRIAL

A pintura industrial é uma técnica utilizada para a proteção anticorrosiva aplicada a instalações e equipamentos de metal e tem a função de melhorar a resistência do equipamento à corrosão.

A Gas Service Industrial se especializou no segmento de Pintura Industrial, desenvolvendo soluções dados os inúmeros defeitos apresentados nas linhas de pintura do mercado nacional demandados pelos seus clientes.

Problemas como formação de fuligem decorrente da má combustão do gás, deficiência no sistema de distribuição de ar na estufa, baixíssima eficiência em banhos de pré-tratamento, onde se utiliza um determinado modelo genérico de queimador para todas as soluções desprezando as particularidades de cada sistema de combustão mais eficiente para as condições operacionais da linha de pintura.

Pré Gelatinização de Tinta a Pó

A Estufa de Pré Gelatinização, ou “Booster”, como é chamada no USA, é formada por dois ou três módulos de Painéis Catalíticos Infravermelhos, sendo posicionada diretamente na entrada de uma Estufa Convencional do tipo Convectiva.

Devem ser usadas nas seguintes demandas encontradas nos processos de pintura industrial:

  • Na Cura da Pintura a pó de peças grandes com secções transversais espessas, intensificando o aquecimento das mesmas antes da entrada na Estufa Convectiva;
  • Na Cura da Pintura a Pó para qualquer peça, incrementando a velocidade e mantendo o mesmo comprimento da Estufa existente na linha;
  • Na eliminação de problemas de contaminação na cortina de ar decorrente da troca de cores.

Banhos de Pré-Tratamento

A tecnologia de aquecimento de Banhos de Pré Tratamento da Gas Service Industrial é a solução para os problemas comuns encontrados nos sistemas convencionais utilizados pela maioria dos fabricantes de linhas de pintura.

As altas velocidades dos gases de combustão dos nossos queimadores produzem um fluxo turbulento, gerando altas taxas de transferência de calor no interior de tubos de pequeno diâmetro que compõe a serpentina imersa no tanque, que por sua vez, transfere o calor gerado à solução de forma homogênea.

Com uma eficiência acima de 90%, resulta em baixas temperaturas de saídas dos gases de combustão, numa faixa de apenas 65 °C acima da temperatura do líquido.

  • Alta eficiência energética
    Oferece uma combustão com altas taxas de troca térmica entre o tubo e o líquido, gerando eficiências acima de 90%.
  • Compacto e de fácil limpeza
    Pela utilização de tubos de pequeno diâmetro e uma menor área de troca térmica em comparação com sistemas que utilizam queimadores convencionais, ocupa a metade da área de serpentina necessária em relação aos sistemas convencionais, facilitando a limpeza do tanque pelo maior espaçamento entre tubos e pelo seu design mais facilitado.
  • Baixos ìndices de CO
    Possui controle proporcional da relação ar/gás em todo o range de modulação do queimador, chegando a excelentes níveis de estequiometria, produzindo níveis mínimos de CO.

Estufas de Secagem e Cura

Para processos contínuos ou estacionários. Fabricadas sob medida, com o fluxo de circulação de ar interno em conformidade com a geometria das peças, que dará uma maior eficiência ao processo.

  • Pré-aquecimento
    Prepara peças metálicas e placas de fibra cerâmica e / ou peças de madeira para processo de pintura.
  • Secagem
    Elimina a água ou umidade acumulada durante o processo de pré-tratamento de lavagem.
  • Cura
    Eleva rapidamente a temperatura da carga até encontrar o patamar de cura desejado, fornecendo as
    condições ideais de performance e eficácia para cada tipo diferente de processo de cura de tinta.

Retrofiting

A Gás Service Industrial possui grande experiência no retrofitting de estufas e banhos de pré-tratamento dos principais fabricantes do mercado nacional e mundial – multimarcas, que não estejam atendendo os parâmetros do processo industrial, entre os quais:

Estufas de secagem e cura

  • Desuniformidade de temperatura relacionada a janela de cura das peças;
  • Baixa velocidade de produção aliado ao alto consumo de gás;
  • Problemas de contaminação na cortina de ar decorrente da troca de cores;
  • Perdas térmicas devido ao mau isolamento térmico.

Banhos de pré-tratamento

  • Dificuldade para atingir a temperatura de processo;
  • Alto consumo de gás relacionado ao sistema de combustão e ao trocador de calor.

Conteúdos Relacionados